[vc_empty_space height="-5px"]
Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula euripidis, hinc partem. [vc_empty_space height="10px"]
[vc_empty_space height="20px"]
EnglishPortuguês

Plataforma Work4Progress – Inovação para a Promoção do Emprego

A plataforma Work4Progress – Inovação para a Promoção do Emprego, uma iniciativa da Fundação ”la Caixa” e coordenada pela Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE), com vista à promoção de emprego e aumento dos rendimentos de mulheres e jovens de sectores vulneráveis, já beneficiou, directa e indirectamente, desde 2018, um total de 40.618 pessoas, e permitiu a criação de 535 empresas e 4.485 empregos nas províncias abrangidas, nomeadamente Maputo e Cabo Delgado.

A agricultura, o empreendedorismo e a formação profissional são as principais áreas de intervenção desta iniciativa, que tem apostado em protótipos, que são, posteriormente, transformados em empresas sustentáveis e autónomas à medida que as pessoas recebem apoio, de modo a não dependerem do projecto.

“Temos protótipos na área de serviços de capacitação de pessoas para hotelaria, segurança, entre outras áreas, mas os de maior impacto estão ligados à agricultura. Por isso, estão a ser implementados em zonas rurais”, disse Rosânia da Silva, coordenadora da plataforma Work4Progress Moçambique, que falava na reunião anual, que decorreu terça-feira, 2 de Julho, na cidade de Maputo, sob o lema “Emprego e Financiamento para Jovens: Inovação e Cadeias de Valor na Agricultura”.

Para além dos resultados, foram abordados, no encontro, as dificuldades encontradas e os desafios identificados no âmbito da implementação da iniciativa, sendo um deles a insegurança em Cabo Delgado. Sobre este aspecto, o presidente da FUNDE, Lourenço do Rosário, considerou que os estudos que têm sido realizados sobre o fenómeno e que apontam a pobreza e o desemprego dos jovens como principais causas estão a cometer um erro de avaliação.

“A pobreza e o desemprego não existem só em Cabo Delgado. Há que aprofundar mais as razões desta violência que se centra apenas em Cabo Delgado neste momento. É um desafio que se faz às universidades, na qualidade de centros de produção de conhecimento. A pobreza e o desemprego dos jovens serão os factores principais?”, questionou.

O encontro contou com a presença da directora da Área Internacional da Fundação ”la Caixa”, Sua Alteza Infanta Dona Cristina (Espanha), que sublinhou que a estratégia da iniciativa consiste em promover oportunidades e combater as desigualdades através de programas que contribuem para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, promovendo parcerias e alianças relevantes que permitam unir forças e enfrentar com êxito os desafios comuns.

“Há mais de 20 anos que Moçambique é um país prioritário para nós. Implementámos mais 50 projectos, que beneficiaram quase cinco milhões de pessoas. Work4Progress é uma verdadeira plataforma de inovação que liga actores e acções de uma forma mais eficaz. A abordagem da plataforma permitiu que 10 organizações não governamentais, universidades e instituições financeiras, empresas anteriormente desconectadas, unissem forças para promover empregos para mulheres e jovens vulneráveis”, frisou.

Na ocasião, o Governo, através do secretário de Estado da Juventude e Emprego, Oswaldo Petersburgo, reconheceu o contributo e o impacto dos projectos da plataforma Work4Progress no fomento de emprego de qualidade, com foco nas mulheres e jovens vulneráveis.

Por isso, “esperamos que continuem a colaborar connosco em iniciativas futuras que visam a promoção do emprego e a inclusão social. Sou testemunha do trabalho que essa fundação tem estado a fazer em Cabo Delgado e na província de Maputo. Tive oportunidade de visitar jovens beneficiários, mas também de trabalhar com o Instituto de Emprego que trabalha com esta plataforma”, afirmou Oswaldo Petersburgo.

Promovida pela Fundação ”la Caixa” (Espanha), a plataforma Work4Progress – Inovação para a Promoção do Emprego é um programa pioneiro desenvolvido na Índia, Moçambique, Colômbia e Peru.

Em Moçambique, é desenvolvido desde 2018 nas províncias de Cabo Delgado e Maputo, e integra as organizações Ayuda em Accion, Cesal e Enraiza Derechos, que formam uma rede com outras pequenas organizações locais que constituem uma plataforma integrada, intitulada Work4Progress Moçambique.

EnglishPortuguês